segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Castanheiro Monumental

Desconhecido da maior parte dos admiradores de árvores deste país, este Castanheiro será provavelmente o mais antigo exemplar que se encontra entre nós. Possui 13m de P.A.P. (o que lhe dá um diâmetro médio de 4.15m), 20m de diâmetro de copa e 15m de altura. Encontra-se num terreno privado, perto da estrada que liga a povoação de Beira Valente a Leomil, no concelho de Moimenta da Beira. Estima-se que a sua idade andará por volta dos 1500/1600 anos. O interior é oco e de grande dimensão.
Por incrível que pareça, esta árvore não se encontra classificada e sem dúvida que o merece. Resta haver vontade do proprietário e da entidade competente.
Pode ser visitado nas seguintes coordenadas: N40°59'41.07" W7°38'35.97"

quarta-feira, 25 de abril de 2012

No próximo sábado, 28 de Abril, os Gigantes da Floresta irão estar presentes no Centro de Ciência Viva da Floresta para mais uma apresentação do projecto e desta vez com uma descrição do trabalho e das técnicas envolvidas para fotografar árvores. A não perder!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Sobreiro no dia Mundial da Árvore

Deixo neste dia mundial da árvore, um exemplo de longevidade de um fantástico sobreiro. 500 anos de idade e um excelente vigor vegetativo.
Igualmente um exemplo de preservação onde uma cerca com um raio de cerca de 30m e uma cancela para os visitantes poderem entrar, resguarda a árvore e as raízes do gado e da rega excessiva. Deveriam todas ser assim preservadas.
A árvore pode ser visitada nas seguintes coordenadas:N39° 7'23.87" W8° 8'0.94"
Herdade de Montalvo, Montargil

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Sobreiro - Árvore Nacional de Portugal

Uma das melhores notícias recebidas durante este Ano Internacional das Florestas, foi a consagração do Sobreiro como árvore nacional de Portugal. Aprovado por unanimidade pela Assembleia da República no passado dia 22 de Dezembro, o projecto de elevação do Sobreiro a árvore nacional foi uma iniciativa da ATN - Associação Transumância e Natureza e da Associação Árvores de Portugal.
Com isto pretende-se proteger uma espécie de elevado interesse económico, cultural, social e paisagístico que faz parte da única floresta em expansão em toda a Europa.
Esperemos agora que esta notícia contribua igualmente para a conservação de alguns Sobreiros monumentais que necessitam urgentemente de atenção.